A importância da atualização dos imóveis

Imagina passar por situações como:

  • Levar um cliente para visitar um imóvel e este imóvel já ter um novo morador;
  • Ter uma proposta assinada e na hora de fechar a venda o proprietário informar que já vendeu o imóvel;
  • Oferecer um imóvel para o cliente a um preço e depois descobrir que o preço não é o mesmo.

A fim de evitar situações constrangedoras como estas, é necessário que a imobiliária tenha uma rotina de atualização das informações dos imóveis.

Para isso, devem ser avaliadas as seguintes questões:

PERIODICIDADE
Primeiramente, com que frequência deve ser entrado em contato com o proprietário para atualização das informações do imóvel. Em geral, deve-se fazer esse contato a cada 30 ou 60 dias.

RESPONSÁVEL
Além disso, é importante também que fique claro quem será responsável por atualizar os dados dos imóveis: secretária, captador, gerente de opção, pós-venda?

INFORMAÇÕES A SEREM ATUALIZADAS
Para que o processo fique objetivo e gaste menos tempo, uma boa forma é definir quais informações principais devem ser atualizadas. Normalmente as questões básicas a serem checadas com o proprietário são:

  • O imóvel ainda está disponível para venda/aluguel?
  • O valor da venda/aluguel ainda é X?
  • O valor do condomínio sofreu alguma alteração recentemente?

Assim que inserir a rotina de atualização dos imóveis na sua imobiliária, você aumentará as chances de fazer mais negócios.

Isso porque os corretores serão mais assertivos nas informações que irão passar para os clientes e também irão focar somente nos imóveis que ainda estejam disponíveis para comercialização.

Além disso, para não se perder nesta rotina, é importante que você disponha de uma ferramenta capaz gerenciar as atualizações dos imóveis.

Conte com o CRM Midas para auxiliá-lo neste processo.