Locatários e compradores não necessitam mais realizar inúmeras visitas para procurar o apartamento ideal.

As visitas virtuais surgiram como uma excelente alternativa para que clientes interessados possam conhecer em detalhes os imóveis que tenham lhe chamado a atenção e apenas realizem visitas reais aos imóveis que tenham considerado como adequados para fechamento do negócio.

Considerando que, 80% os imóveis à venda estão ocupados pelos proprietários, as visitas virtuais tornam a experiência deles muito agradáveis na medida em que não serão constantemente interrompidos e incomodados na hora de apresentar o imóvel.

As visitas virtuais não apenas facilitam a vida dos proprietários,compradores e locatários, mas das imobiliárias também. O procedimento corrente nas imobiliárias é que um novo cliente seja entregue ao corretor da vez das filas de plantão, e, neste caso, é sempre possível que um lead extremamente qualificado seja entregue a um corretor iniciante ou que não performa bem, da mesma maneira como um lead ruim poderá ser entregue a um corretor campeão, o que o levará para o final da fila de plantão.

Este procedimento é uma roleta russa para as imobiliárias. Dados nas imobiliárias com mais de 10 corretores, demonstram que em torno de 25 % deles são campeões, 45 % apresentam performance boa e os 30 % restantes ou são iniciantes ou não performam.

Considerando que com o uso das visitas virtuais as vistas reais serão realizadas em menor número, e bem mais assertivas, será possível a imobiliária reduzir sua equipe e trabalhar apenas com corretores campeões e os com boa performance, obtendo desta forma aumento de sua taxa de conversão de leads obtidos em negócios fechados.

Para corretores autônomos, que como se diz, batem o córner e correm para cabecear, o uso da visita virtual é fundamental pois reduzindo o número de visitas reais ele poderá ganhar produtividade.

Para implementar a visita virtual é necessário apenas adquirir uma máquina de fotografia 360 graus, que custam a partir de R$ 1.000,00 no Brasil, e um tripé, em torno de R$ 150,00.

Fotografar um imóvel como uma máquina 360 graus é muito mais fácil e rápido do que fazer com um celular, e, dependendo do software de geração de visitas virtuais que venha a ser utilizado, com base nas fotos 360 o usuário poderá gerar fotos planas de todos os ambientes, do imóvel, nos ângulos que desejar, o que é necessário para enviar para os portais que ainda não aceitam fotos 360.

Não fique para trás recentemente o Quinto andar, imobiliária digital que vem reformulando a maneira de alugar imóveis, iniciou também a venda e passou disponibilizar as visitas virtuais em seu site.

Corra que ainda está em tempo.

Um comentário em “Locatários e compradores não necessitam mais realizar inúmeras visitas para procurar o apartamento ideal.

Fechado para comentários.